Como trocar a resistência do chuveiro de forma simples e segura

Tempo de leitura: 3 minutos

Um dos motivos mais comuns de um chuveiro não esquentar mais, é a resistência queimada, essa peça é de fácil reposição, e qualquer um pode trocar.

As razões para queimar são diversas, o ideal é ver se não há problemas na fiação ou disjuntores, para não queimar estragar outras resistências.

Para repor uma resistência deve-se primeiro saber o modelo do chuveiro, basta tirar uma foto e mostrar à um atendente numa casa de materiais de construção.

Como trocar em segurança:

Para evitar risco de choque elétricos, deve-se sempre desligar o disjuntor do chuveiro, geralmente eles possuem um disjuntor exclusivo, pois a corrente tende a ser maior que o resto da casa.

Caso não seja possível desligar apenas o disjuntor do chuveiro, o ideal é que ele seja desconectado da rede elétrica. A maioria deles possuem bornes que são peças que ligam o chuveiro diretamente na energia, para isso, basta uma chave de fenda pequena, a retirada dos fios, e o isolamento dos respectivos cabos.

Pode-se também apenas colocar na temperatura fria, mas nesse caso ainda há risco de choque elétrico, se for fazer isso, utilize um alicate ou alguma outra coisa, não pegue nos terminais pois o risco é alto.

O ideal é sempre estar isolado, usando tênis ou chinelos e não estar em contato com a água, para uma maior segurança.

Como retirar o chuveiro:

Esse passo é opcional, algumas resistências podem ser trocadas com o chuveiro no local mesmo, e desde que esteja desligado não há riscos. Mas caso haja a necessidade de removê-lo, a maioria dos chuveiros podem ser retirados só desrosqueando.

Aos que não precisam ser retirados, na ligação entre o corpo do chuveiro e o bojo, geralmente há um encaixe, apenas uma leve rotação já o remove.

Como retirar a resistência:

Antes de trocar a resistência verifique se ela está queimada, ela se parece com uma “mola” e caso haja rupturas em seu corpo, isso significa que ela está queimada.  

Para trocá-la é simples, as resistências são apenas encaixadas, um puxão cuidadoso deve tirá-las sem muitas dificuldades. Elas são colocadas em terminais de cor dourada, apenas um puxão cuidado já à remove.

Para encaixar é o mesmo processo, encaixe a resistência nova nos terminais e certifique-se de que está bem firme para que não haja mal contato.

Resistências queimadas:

A resistência queimada possui vários motivos, um dos mais comuns é o baixo fluxo de água à altas temperaturas, e isso pode ser fortalecido por sujeiras no chuveiro. Esses detritos são comuns, às vezes pedaços de cloro, ou algo que venha da caixa d’água.

Aproveite que está com o chuveiro desmontado e limpe-o para evitar futuros problemas, uma agulha nos furos que saem água, uma escova velha nos terminais da resistência podem ajudar.

Caso não haja nada de errado, as resistências queimam com o passar do tempo e isso é normal, mas se for um problema frequente deve-se procurar um eletricista.

Após a troca:

Monte o chuveiro no lugar ainda com ele desligado, e mantenha assim. Abra o registro até que o chuveiro encha de água de novo, e espere cair água gelada normalmente. É prudente também mantê-lo na temperatura fria.

Caso o chuveiro seja ligado sem água, já quente, a resistência irá queimar no mesmo momento.

Depois de estar caindo água normalmente, desligue, e religue os fios ou o disjuntor, e só então coloque no quente e abra. Deve estar funcionando normalmente.

Caso não se sinta confortável em fazer a troca, chame um eletricista ou simplesmente retire o chuveiro (desligado da energia) e leve-o para loja, peça a um atendente que faça a troca, e instale novamente.

Para resistências, ferramentas e mais dicas, visite nosso site ou nossa loja, podemos lhe ajudar a trocar seu chuveiro de forma eficiente, e solucionar possíveis problemas futuros.

Você também pode se interessar:

Os segredos da instalação hidráulica sem erros!
Plantas para ambientes internos com sombra e pouca luminosidade
Sustentabilidade na sua obra: práticas simples e rápidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *